Skip to main content

As Giras de Conversa do Dona Ruth: Festival de Teatro Negro de São Paulo são espaços de reflexão a cerca de teatro, sociedade e cultura. Em nossa 3ª edição, as Giras serão dedicadas à observação crítica, portanto, após cada apresentação dos Atos Artísticos serão realizados encontros com artistas, críticos, pesquisadores e público em geral, para percorrermos os caminhos visíveis e invisíveis evocados pelas obras presentes na programação.

Com Julie Dorrico (RO), Kay Sara (AM) e Zora Santos (MG)

Data: 24 de outubro – domingo
Horário: logo após as apresentações de “Asfixia”, de Kay Sara e de “Ano que vem eu vou”, de Zora Tikar Santos
Atividade online
Classificação: Livre
Local: Itaú Cultural – Sympla/Zoom
Grátis

Julie Dorrico é indígena Macuxi. Doutora em Teoria da Literatura na PUCRS. Autora da obra “Eu sou macuxi e outras histórias” publicada pela editora Caos e Letras (2019). Coordena o coletivo GEMTI, Grupo de Estudo em Memória e Teoria Indígena. E é idealizadora do perfil no Instagram @leiamulheresindigenas

Kay Sara é atriz e performer. Nasceu em 1996 no povoado de Iauaretê, localizada na fronteira com a Colômbia, no Estado do Amazonas. Filha de nativos da etnia Tariano e Tukano. A atriz também participa do Grupo Dyróa Bayá, faz parte do elenco da peça “Brian ou Brenda?” (2019), com duas temporadas na capital paulista (no Centro Cultural São Paulo e Viga Espaço Cênic), e prepara-se para ser a protagonista de uma produção internacional: “Antígona na Amazônia”, do diretor suíço Milo Rau, que foi adiada temporariamente por conta da pandemia.

Zora Santos é atriz, cozinheira e pesquisadora de comida Afro Mineira há 30 anos, realizando atualmente oficinas culinárias performáticas. Venceu um concurso de modelos negras em 1972 em Belo Horizonte. Como atriz atuou nos espetáculos e filmes: Chico Rei – 1985; Os Inconfidentes – 1972; Pare e Siga – 2017; Vaga Carne- 2019. No teatro: ‘O Relatório Kinsey – 1973; ‘Orfeu’ -1974 e no Projeto Segunda Preta – 2018. Na cozinha, em 1998 foi chef de cozinha do Buffet La Fete – Belo Horizonte.

Atenção:
Esta Gira de Conversa vai ocorrer logo após a exibição dos Atos Artísticos “Asfixia”, de Kay Sara e “Ano que vem eu vou”, de Zora Tikar Santos. Para assistir a conversa será necessário reservar ingressos no Sympla e seguir as instruções da plataforma. A transmissão será realizada via Zoom, portanto é preciso ter instalado o aplicativo em seu dispositivo. 

Leave a Reply