Skip to main content

No Dona Ruth: Festival de Teatro Negro de São Paulo – 3ª edição, os Atos Artísticos são criações cênicas audiovisuais online e apresentações presenciais de artistas indígenas(es) e negras(es/os) de diferentes regiões do Brasil que transitam entre as linguagens do teatro, da performance, da dança e das artes visuais

Histórias do Lado de Cá da Calunga

N’Kinpa Núcleo de Culturas Negras e Periféricas (SP)
Data: 30 de outubro, sábado. 15h
Formato: online
Local: Sesc Ipiranga – Youtube
Classificação: Livre
Duração: 50min
Essa atividade contará com interpretação em Libras.
Grátis 

Sinopse

“Histórias do Lado de Cá da Calunga” trará para o centro do palco a Ancestralidade – o ponto suleador de nutrição e retorno com as nossas narrativas e escrevivências na diáspora. A palavra ora cantada, ora contada será o fio do encanto e do acalanto, e apresentará uma cardiografia das nossas vivências e epistemologias.

Ficha técnica:

Atrizes/Cantoras: Joice Jane Teixeira e Suelen Ribeiro
Arranjos Musicais: Elaine Silva e Henrique Menezes
Vozes e Imagens: Dona Zezé, Julinha, Elaine Silva, Tatiane Damasceno, Cora Carolina, Joice Jane Teixeira, Suelen Ribeiro e Bárbara.
Fotografia e Arte Visual: Elaine Silva
Luz e Som: Cic Morais
Figurinos: José Nelson Dzé
Projeção: Elaine Silva
Direção: Suelen Ribeiro e Joice Jane Teixeira
Realização: N’Kinpa – Núcleo de Culturas Negras e Periféricas.
Imagens: Fotos das Avós das/os Integrantes
Desenhos das Heroínas: Cora Carolina
Composição das músicas: Joice Jane Teixeira
Roteiro: Joice Jane Teixeira

Sobre o grupo

A N’KINPA – Núcleo de Culturas Negras e Periféricas surge em 2018 integrando artistas educadoras(es) negras(es/os) e não negras(es/os), gestando ações envolvendo negritude, territorialidade, infância e valorização da nossa cultura afro-indígena brasileira. Com propostas contra coloniais em todo o território, a N’KINPA a partir das cosmovisões busca outras maneiras de apreensão da realidade agindo nos eixos de produção e ação cultural, formação, arte-educação, performance, teatro, música e comunicação. Atualmente o núcleo é matripotencializado por mulheres negras e não negras e com a participação de educadoras(es) dispostos(as) a discutir, pensar e agir para uma sociedade mais equânime.

Atenção:
Para assistir a este Ato Artístico basta acessar o canal do Sesc SP no Youtube a partir do dia 30 de outubro, às 15h.  

Leave a Reply